Presença digital: os primeiros passos para se tornar uma autoridade

A frase “quem não é visto não é lembrado” nunca fez tanto sentido. No mundo digital em que vivemos, não adianta ter apenas a sua marca ou empresa. Você precisa trabalhar com ela e se mostrar relevante para o público. Afinal, de quem os consumidores lembrarão na hora de fazer uma compra ou recomendação?

Se você ainda não está convencido da importância da presença digital, me responda uma coisa: qual é a maior empresa de streaming de filmes e séries do mundo hoje? 

“Blockbuster?” Não. 

“Netflix?” Resposta correta!

Mas como a Netflix se tornou esse case de sucesso? Tirando o fator “modelo de negócio” , o produto ajuda bastante, mas um planejamento consistente da presença digital da marca é um dos grandes responsáveis por isso. 

Uma das características mais inteligentes da Netflix se deve ao fato de ela sempre falar a língua do seu público, tentar responder a todos o mais rápido possível, trazer fatos do cotidiano e informações relevantes. Com uma presença digital forte, a Netflix consegue aumentar a retenção dos consumidores e a aquisição.

Mas com tantos concorrentes ativos no mundo digital, como ganhar destaque na multidão? 

A primeira dica é: nunca copie ninguém! Os usuários da internet são mais espertos que todas as marcas, e sempre percebem quando algo não é autêntico e original. E as consequências para a marca não são boas quando eles percebem…

O que você quer falar? 

Parece uma pergunta simples e de resposta fácil, mas exige um pensamento mais analítico e profundo. Afinal, o que você quer falar de tão importante? É importante mesmo? Não existe alguém que já fale sobre isso? Se existe, de que maneira você pode fazer diferente?

Quanto mais você fugir da mesmice, mais chances de sucesso! Você já pensou em falar sobre o que ninguém tem coragem? Que tal usar a autenticidade ao seu favor?

Para pesquisas de temas, você deve ter um domínio amplo sobre o assunto e pode usar o próprio Google com sugestões de palavras e frases para você ter ideias do que as pessoas mais têm dúvidas. Essa pesquisa pode dar uma excelente ideia de nicho e temas que não são fortemente abordados.

Para quem falar?

Depois de definir o que falar, é hora de definir o público que deseja-se atingir com a presença digital. Tenha sempre em mente que é impossível agradar todo mundo! Concentre os seus esforços somente no público que você considere valioso e que possa ser um potencial cliente do seu negócio.

Você quer falar para o seu público-alvo existente ou construir uma audiência nova? Você sabe qual o comportamento deles na internet? Listamos alguns dados importantes que devem ser observados em pesquisas e análises de dados do tráfego do seu site:

  • Quanto tempo por dia o seu público está presente na internet
  • Em quais redes sociais eles estão mais presentes
  • Qual linguagem eles usam? Memes, emojis, gírias e etc.

Essas informações fornecerão dados mais assertivos para colocação dos seus esforços. Se sua empresa possui um público jovem, por que não usar uma linguagem informal e brincar com os memes da internet? Mas claro, tudo isso deve respeitar as diretrizes gerais da sua marca. 

Onde falar?

“Essa é a hora em que eu crio todas as redes sociais existentes para falar de mim e do meu negócio?” Depende. Você tem equipe e tempo para cuidar de todas elas? Todas as redes sociais fazem sentido para o seu negócio? Se a resposta for sim, é válida a criação, mas recomendamos que elas sejam criadas aos poucos para não perder o gerenciamento.

Se você está em dúvida de qual rede social pode fazer sentido para você, nós te damos uma ajudinha!

Linkedin

É utilizado para vender o seu negócio! Se você quer estar em contato com pessoas influentes do setor e mostrar o impacto e ações que sua marca realiza, essa é a rede social ideal!

Dependendo do seu segmento, o Linkedin vai requer uma linguagem um pouco mais formal e com destaque no âmbito institucional.

Instagram

Você possui uma marca de moda, fala com a galera jovem, gosta de tirar fotos ou tem produtos lindos que renderiam um fotão? A dica aqui é se apresentar para todo mundo por meio de fotos incríveis.

Os stories podem ser uma ótima ferramenta para mostrar os bastidores e curiosidades. A galera ama! Ah, a sua linguagem pode ser informal e próxima do público 😉

Facebook

O que você gostaria que os outros soubessem sobre você? De vídeos a memes, o Facebook, por ser uma plataforma multimídia, permite que você interaja das mais diversas maneiras. Use e abuse de todas as ferramentas disponíveis: vídeos, fotos, lives, GIFs, enquetes e etc.

Twitter

É o espaço para você emitir suas opiniões e compartilhar notícias, mas cuidado com o impacto que elas podem ter sobre os leitores. Se essa rede social não for utilizada com precaução, ela pode trazer consequências negativas.

YouTube

Quer criar um conteúdo de fácil consumo? O YouTube é ideal para a produção de conteúdos audiovisuais e representa uma grande parte das ferramentas de busca.

Mas antes de começar a produção, certifique-se que você terá um vídeo de qualidade com nitidez na imagem e som sem ruídos. Não precisa ser algo mega profissional ou produção de Hollywood, mas tente fazer o básico bem feitinho. 

As redes sociais também pode ser definidas através dessa forma:

Além de todas as redes sociais, um blog ou um site são essenciais para você postar conteúdo e ser encontrado nas ferramentas de busca por potenciais clientes, além de gerar autoridade e reforçar a sua presença digital.

Como falar?

É hora de começar a produzir conteúdo para reforçar ou construir a sua presença digital! Listamos algumas dicas para você ter sucesso em sua estratégia.

Associe-se às autoridades do nicho

Utilize dúvidas e curiosidades do seu público para criar o seu conteúdo e contate pessoas influentes no setor para realizar entrevistas. Como a imagem dele estará atrelada à sua, ele pode divulgar o conteúdo e você ganhará nova audiência a partir dessa ação, além de construir a sua autoridade.

Você também pode criar postagens com seleções de profissionais que devem ser seguidos e que eles acabarão conhecendo você também!

Participe de debates e discussões

Se você quer trabalhar a sua imagem pessoal, participe de fóruns de debates e discussões que ocorrem nos grupos do Facebook. Com a interação nos tópicos, você pode fazer com que as pessoas conheçam você.

Posicionamento

Saia de cima do muro! As pessoas estão cansadas de marcas e celebridades que não se posicionam em determinadas situações. Tenha um posicionamento e respeite as pessoas, mesmo que elas possuam uma opinião diferente da sua.

Compartilhe conteúdo e conhecimento

O que você tem a oferecer para as outras pessoas? Quais são as notícias do momento que afetarão o setor ou a vida dos usuários? O que você tem de conhecimento para compartilhar com todos?

O conhecimento foi feito para ser compartilhado. Não tenha medo em expor o que conhece com medo da concorrência roubar a sua ideia. A audiência valoriza atitudes nobres.

Promova-se

Algumas redes sociais possuem um alcance bem baixo. Por isso, invista na sua imagem pessoal ou de marca e alcance pessoas que poderiam não ver o seu conteúdo de forma orgânica. Mas promova um conteúdo que seja de relevância, não apenas uma foto ou texto falando quem você é.

Esteja antenado às tendências

Você extrai tudo o que as redes sociais oferecem de fato? Busque o que há de mais novo e saia na frente da concorrência. Por exemplo, o IGTV do Instagram, é uma forte tendência, segundo os indicadores de acessos, para este ano. Você já possui algum conteúdo nesse formato? Se não, que tal começar a pensar nisso?

Mostre as suas habilidades

O que você ou sua marca já fez que deve ser mostrado para todo mundo? Mostre também o que pretende fazer no futuro, reafirmando o seu compromisso e que está em constante desenvolvimento.

Automatize a sua presença

Esteja sempre presente mesmo quando não estiver presente! Utilize ferramentas como o chatbot para o Facebook e crie processos de interação mesmo quando você estiver ocupado ou ausente.

Por exemplo, sempre que alguém mandar mensagem e você não puder responder, uma mensagem automática será enviada e até uma conversa inteira automatizada pode ser criada dentro do processo.

Garanta que todos os seus pontos de contato estão reforçados, atualizados e comuniquem o que você ou sua marca querem passar para o público. Promova sempre a interação e esteja presente nos locais que o seu público está!

Com nossas dicas, você irá aprimorar a sua presença digital ou começará a construir uma? Agora, o papel está em suas mãos! Conte para a gente quais as experiências que você teve no processo da sua presença digital e os principais desafios encontrados e superados. Vamos adorar ouvir!

Luísa Barwinski

Especialista em marketing digital viciada em produção de conteúdo e inbound com foco em growth.

Você também pode se interessar por

Responder