fbpx
Pular para o conteúdo

Conteúdo: escreva para pessoas

Conteúdo: escreva para pessoas

Parece até um pouco generalista dizer que todo conteúdo deve ser escrito “por pessoas para pessoas”. Mesmo assim, muita gente se esquece disso e comete erros gigantes ao desconsiderar quem o está consumindo. Conhecer o seu público é o principal item da sua lista de tarefas antes de montar qualquer estratégia.

Existem várias ferramentas para fazer isso. Um simples formulário do Google Docs já pode sanar grandes dúvidas. Ferramentas de monitoria de redes sociais também são de grande ajuda. Porém, nada substitui o poder de análise de quem está com as mãos no teclado.

Saber que o seu público é composto por 72% de mulheres com idades entre 24 e 55 anos é algo importantíssimo, mas não é tudo. Algumas delas podem ser mães, outras nem pensam nisso. Outras gostam de drama e sempre haverá aquele grupo isolado que adora ouvir o mesmo CD do Elvis várias e várias vezes. Até algum tempo atrás era quase impossível conhecer seu público em uma profundidade tão grande.

Se você gastar algum tempo para conhecer melhor aquelas pessoas que mais interagem com a sua marca, vai perceber que elas tem muito mais a dizer do que “Eu curti o seu post”. Isso não significa, entretanto, que você deve fazer isso com todo mundo que apertou o botão “Curtir” ou “Seguir” da sua rede.

Gostos em comum

Procure entender o que conecta as pessoas que gostam da sua marca. É um cantor? Um esporte? Um seriado? Comece a entender melhor como essas pessoas interagem. Coloque-se no lugar do algoritmo da Amazon, que relaciona produtos relacionados às buscas anteriores. Do que mais essas pessoas poderiam gostar?

É um trabalho sem fim, mas é isso que vai manter cada vez mais pessoas interessadas na sua marca. Tentar ouvir opiniões diferentes também pode ser bastante produtivo, já que usar só um ponto de vista pode ser prejudicial. Tudo depende das reações que você observar naquele grupo.

Por isso, é sempre bom lembrar que você está escrevendo para pessoas e não só para os buscadores =)

3 comentários em “Conteúdo: escreva para pessoas”

  1. Olá, Luisa. A frase final particularmente remete a um "problema" que vimos encontrando com certa frequência. E também, de certa forma, ao uso dos famosos "robôs" que postam conteúdo sem levar em consideração uma audiência (antes de qualquer coisa) humana. Fora isso, boa parte das pessoas ainda insiste em achar que o mundo "virtual" não reflete o "real", o que, na minha humilde opinião, é um ledo engano. Abraço.

  2. Acho incrível o quanto as empresas se preocupam em entrar em redes sociais, ter um blog e tudo mais, mas tratam os seus clientes como idiotas. Nada pior do que ser chamado de babaca indiretamente com textos ruins e completamente fora da realidade do perfil de leitores de determinado blog.

  3. Pingback: Muitos fãs, pouco engajamento | Social41

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.