3 otimizações para aumentar a sua taxa de conversão

Você possui algum anúncio, e-mail marketing ou landing page que está convertendo muito bem ou precisa de algumas melhorias pois a conversão está baixa? Saiba que em ambos os casos é sempre possível realizar melhorias para otimizar a conversão e alavancar o seu negócio.

Esse é um trabalho contínuo e que envolve a atenção em todos os detalhes de cada processo para conseguir extrair o que há de melhor e o que pode ser aperfeiçoado. Isso é chamado de otimização!

“Ah, então é só eu aplicar algumas técnicas de otimização e terei melhor conversão?” Nem sempre o que serve para os outros servirá para você e vice-versa. Cada otimização deve ser adaptada e testada a cada negócio. Nem todas as otimizações trarão melhorias de fato, mas sempre trarão um aprendizado.

Neste artigo, nós traremos dicas para você aumentar a taxa de conversão no e-mail marketing, landing page e anúncios. Pegou lápis e caneta? Vamos lá!

1. E-mail Marketing

Se você faz uso dessa estratégia, já presenciou algum caso de queda nos cliques e taxas de abertura? Se sim, é no mínimo frustrante… 

E para tentar corrigir essa queda, tentou segmentar os disparos, otimizar o conteúdo e melhorar o assunto e layout do e-mail e mesmo assim as suas taxas não melhoraram? Tudo bem, isso é normal na rotina de um profissional de marketing.

Mas, para te ajudar a resolver esses problemas, existem algumas boas práticas que, se feitas da maneira correta, podem apresentar resultados surpreendentes!

Questões técnicas

Caso o seu e-mail seja pesado demais, ele pode ter dificuldades em ser entregue para o usuário. E mesmo quando for entregue, pode ser que o usuário não espere até o carregamento final e já feche-o.

Por isso, confira se suas imagens possuem o peso máximo de 500kbs e se o HTML tem o peso de 100kbs. Esses itens são necessários e primordiais antes de otimizar outras áreas.

Experiência do cliente

Você acha que fez o e-mail mais incrível do mundo e ele não apresenta resultados nem perto do esperado. Você já conversou com o seu cliente para saber a opinião dele? Se não, o seu negócio pode estar perdendo vendas por não ouvir a opinião do seu público.

Você deve responder às seguintes perguntas:

  • Quais necessidades o seu negócio deseja resolver?
  • Quais problemas o usuário enfrenta?
  • O que o usuário ganhará com esse e-mail?
  • O e-mail está claro?
  • Seus usuários lêem o e-mail com calma?

Segundo a Resultados Digitais, 60% dos usuários não rolam o e-mail, portanto, o seu conteúdo deve ser altamente concentrado aproveitando-se da área nobre do e-mail.

“Mas como vou falar tudo em pouco espaço?”

O primeiro passo é reduzir a quantidade de texto, ser breve e ter assuntos curtos de até 35 caracteres; mas seja pessoal, dê as boas-vindas, faça todas as personalizações possíveis e pense em que tipo de e-mail você gostaria de receber.

A partir da interação com o usuário, direcione-o para as áreas que sejam de interesse dele. Exemplo: Se uma agência de viagens envia um e-mail sobre destinos no Brasil e o usuário clica na região sul, o próximo e-mail deve ser personalizado com destinos dessa área. Utilize as informações do usuários e surpreenda-o!

Gestão de base

Se você possui uma base de dados com 10.000 e-mails e 5.000 engajados, qual é o pensamento mais comum? Que quanto mais e-mails, mais resultados, certo? Errado!

Desapegue dos e-mails desengajados! Além de ocuparem espaço, eles não trazem nenhum retorno para o seu negócio. Realize uma higienização da base e deixe somente os e-mails engajados. As taxas de conversão irão aumentar com essa medida.

Se você também comprou alguma base de dados, desapegue. As pessoas nem sabem quem são você e você não sabe se elas têm interesse nos seus produtos ou serviços. Essa compra acaba sendo um gasto desnecessário e pode até gerar repulsa à sua marca.

Entregabilidade

Como saber se suas taxas de cliques e abertura estão boas se você não mede a entrega dos seus e-mails? É essa a função da entregabilidade!

Existem diversas ferramentas gratuitas como a mail-tester.com que validam se o seu e-mail está bom para ser enviado e quais as chances dele ter uma boa entregabilidade.

Tenha também um controle de volumes de e-mails que você envia, afinal, e-mail demais nunca é bom e altos volumes de e-mail representam baixa conversão! Ninguém tem coisas importantes para serem ditas em todo o momento e vale mais surpreender o usuário com cada e-mail do que ele abandonar a sua lista a partir de um incômodo.

2. Landing Page

Landing Page são páginas com alto foco em conversão. Elas consistem em tirar todos os elementos que possam distrair o usuário e focar a atenção dele para o ponto desejado. 

Antes de se preocupar com beleza e usabilidade, a sua landing page precisa ter um forte poder de venda através do copywriting!

Poder de venda

Estude as necessidades do seu cliente e descubra quais informações são essenciais para que você ganhe destaque na concorrência. Você precisa dizer o que o cliente quer ouvir e a landing page deve responder as principais dúvidas desse público.

Atenção da audiência

A primeira imagem da landing page precisa captar a atenção do público e garantir que ele continue navegando e realize uma conversão. Estudos mostram que a atenção da audiência cai em 50% a partir dos 10 segundos.

É hora de trabalhar e convencer o usuário a permanecer na página, seja através de textos, fotos ou vídeos. 

Tamanho da página

Muitas pessoas têm a mesma dúvida: fazer uma página longa ou curta para ser mais fácil de converter? Depende do seu negócio! Quanto mais complexo e caro o seu produto for, maior a página deve ser, pois as pessoas tendem a demorar mais tempo para realizar a compra e possuem diversas dúvidas. 

A landing page é o espaço certo para você esclarecer todas as dúvidas, mostrar o valor do seu produto ou serviço e ganhar mais uma conversão! Se você ainda está em dúvida do tamanho ideal para a sua página, realize testes.

Percepção

Afinal, o que o público quer consumir? Esteja atento às tendências e satisfaça as vontades desse público. Exemplo: Você possui uma pousada em Maceió. O público está mais interessado em saber sobre a sua pousada ou sobre as atividades de lazer na região? Nem sempre iremos falar do que queremos.

Busque também transformar as suas características em benefícios. Se você vende um software de automação, qual o impacto que ele causará na rotina da área de marketing? Valorize os ganhos que a pessoa ou empresa terá ao adquirir os seus produtos ou serviços.

Legibilidade

O seu público prefere consumir texto, imagens ou vídeos? Independente da mídia escolhida, utilize uma linguagem direta com blocos de destaque em cores de contraste e bullet points.

A sua missão é fornecer a informação de forma mais simplificada para o entendimento e compreensão por parte do público.

Credibilidade

Você é mesmo o melhor em seu segmento como está descrito na landing page? A confiança é muito necessária para construir uma relação com o consumidor e uma falsa afirmação pode ser desastrosa desde o início desse relacionamento.

Se possível, coloque testemunhos reais de casos de sucesso e de satisfação dos clientes. Isso promove mais autoridade da sua marca na página!

Formulários

O seu formulário tem todos os campos necessários? Há algum que poderia ser retirado para a conversão ser mais rápida ou algum campo que as pessoas não se sentem confortáveis em preencher?

Caso as pessoas não se sintam confortáveis em fornecer algum dado, você pode explicar qual será o uso desse dado. Por exemplo: Precisamos da sua data de nascimento para enviar promoções próximas ao acontecimento.

Página de agradecimento

Após a conversão no formulário, a página de agradecimento deve sinalizar mais algum passo que o usuário pode tomar. Caso ele já esteja em um nível mais avançado, ele deve ter a oportunidade de conversar diretamente com um especialista sem precisar buscar a informação fora da página.

3. Anúncios

Os anúncios são grandes ferramentas para aumentar a taxa de conversão por meio dos canais de aquisição escolhidos. Os anúncios podem ser realizados no Instagram, Youtube, Google, Facebook e etc.

Mas entre as plataformas de anúncio, há algumas boas práticas que são comuns entre todas.

Formato do anúncio

Em qual plataforma você pretende veicular os seus anúncios? Você sabe se o seu público consome ela? Teste também outros formatos de anúncios como carrossel, Messenger e analise os dados de receptividade do público. Atualmente, a grande tendência é fugir dos meios tradicionais.

Segmentações

O seu anúncio é bem segmentado? Faça uma divisão do seu público-alvo em parcelas menores de localização e interesses e analise quais regiões e públicos possuem maior interesse nos seus negócios e invista em mais anúncios para obter mais conversões.

Cada variável e interesse desse público deve ser analisada e possuir uma relação com a sua área de atuação.

Textos

Os seus textos e CTAs são bons e convincentes? Mesmo que a sua taxa de conversão esteja boa, realize testes com variáveis para descobrir novas oportunidades.

Produza textos que falem a mesma linguagem do público, que provoquem questionamentos, gerem urgência e escassez. Exemplo: ÚLTIMA semana de promoções com 50% de desconto.

Caso utilize textos na imagem, faça a letra em contraste com a imagem para que desperte a atenção e curiosidade do público.

Mídias

Você sempre utiliza fotos em seus anúncios? Que tal experimentar outros formatos de mídia como vídeos ou GIFs? O vídeo é um dos principais meios de consumo na internet e a substituição por ele nos anúncios pode representar um aumento significativo na taxa de conversão, desde que ele tenha uma boa qualidade de imagem e som.

Se você ainda está na dúvida se alguma otimização faz sentido para o seu negócio, teste! Cada uma pode adaptar-se diferente à cada negócio e trazer novos desafios e oportunidades para crescimento. 

Quem pratica a otimização está passos à frente da concorrência e se preocupa com a experiência do seu público para gerar relevância no mercado. Lembre-se: esse é um trabalho contínuo e que demanda esforço de toda a equipe. Bora otimizar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.