Você é feliz no seu trabalho?

Olá meus amigos, eu sou Cláudio Gabilan e este é o meu primeiro artigo aqui para o MOT, Estou super FELIZ e quero agradecer o convite da amiga e parceira Luisa Barwinski!
Nós comemoramos a poucos o dia da Felicidade, alguns aliás comemoraram, eu particularmente busco ser feliz todos os dias e não vejo o porque ter um dia para se comemorar isso, Mas é só a minha opinião.
Eu lido com pessoas, tenho uma agência de comunicação no Rio de Janeiro e ser feliz é um atributo fundamental para quem tem de compreender, ajudar, orientar, ouvir, enfim… lidar com pessoas. Aliás, ser feliz em todas as áreas e aspectos é fundamental!


Uma pesquisa em 2011 feita pela Universidade de Havard constatou que as pessoas que são felizes, produzem 85% mais que as pessoas que não são felizes.
E olha que as pessoas elas buscam ser felizes, aliás tudo se resume a isso… ser feliz!
Nós somos bombardeados por informações o tempo todo, e todo tipo de informação, notícias boas e ruins, Existe um estudo feito pela EXAME que diz que um jornal de domingo de grande circulação tem mais informação que, tudo o que a humanidade já produziu até a idade média, e isso influencia muito, cada notícia que recebemos. Ora nós somos seres humanos, nós temos sentimentos! A esta altura você deve estar se perguntando, pronto agora ele vai querer dar uma receita de bolo pra eu ser feliz! Engana-se meu amigo!
Quero na verdade, te mostrar que de alguma forma você busca ser feliz. Talvez você ache que é uma pessoa feliz (quem sou eu pra julgar), Mas no seu ambiente de trabalho…

Você é feliz?

Você é feliz com a posição em que você está na sua empresa? Com o setor em que trabalha? Você é feliz com a empresa em que você trabalha? Com a equipe em que você trabalha?

Assista este vídeo sobre Tempo e Felicidade:

Existe um livro sensacional que fala sobre isso e muito mais, chamado: “Aplicando Maquiavel no dia-a-dia”, se você não teve a oportunidade de ler… LEIA! E seu ambiente de trabalho nunca mais será o mesmo.

Para entender esse fenômeno “ser feliz” você vai precisar passar por 3 etapas:

1 – Entender a forma como você enxerga a vida
Você é alguém otimista?
Você faz planos para o futuro e traça metas possíveis de serem alcançadas?
Você acredita que o fundo do poço é conquistado por decisões erradas?
Você é grato pela sua vida?
Se as suas respostas foram, “Não” para as questões acima, você precisa rever seus conceitos.
2 – Entender como você se enxerga
Como anda a sua auto-estima com todo esse bombardeio nas mídias de um corpo perfeito?
Você entende que é uma peça fundamental para a empresa em que trabalha?
Você se sente desmotivado? O que te motivaria?
3 – Entender como as pessoas te enxergam
Existe um exercício muito bacana para isso, se chama… Conversar com amigos, mas amigos de verdade, se eles trabalharem na mesma empresa que você melhor ainda. Procure ter conversas do tipo: Fulano você é meu amigo e quero te perguntar, por favor seja sincero. Qual a sua percepção sobre mim? O que você destacaria como defeito e qualidade na minha pessoa?
Veja este vídeo e entenda melhor:

Bom, meus amigos por hoje é só!

Mas eu gostaria de deixar aqui registrado…
A Felicidade é algo bem subjetivo, é como o tal “sucesso”, talvez o que me faça feliz, para outra pessoa não funcione, então é muito importante este autoconhecimento pra identificar o que realmente te faz feliz. Pode ser algo muito simples, um telefonema de alguém que você ame, uma conquista de um amigo, um filho que vem por aí (pra alguns isso é o Hades).

A questão é que em ambiente de trabalho, lugar que você passa boa parte da sua vida, você precisa encontrar a sua felicidade. Caso contrário você entrará para a estatística das pessoas que entram em depressão, morrem e contraem uma série de doenças psicossomáticas, Stress, pressão alta e outros amiguinhos do capeta.

Bom, como meu primeiro artigo eu quis escrever sobre felicidade, espero que fiquem felizes com os artigos que vou escrever aqui no MOT assim como eu estou super feliz em estar aqui com vocês! Um forte abraço e Até breve!

Luísa Barwinski

Fundadora da MOT Digital e professora. Desenvolveu estratégias online para clientes dos mais diversos setores nos últimos 10 anos. Mestre em marketing, com ênfase no comportamento do consumidor, busca compreender como as marcas podem melhorar o relacionamento com o seu público em meios digitais.

Você também pode se interessar por

Um comentário para “Você é feliz no seu trabalho?”

  1. Daniel Ambrusi

    Muito bom meu amigoooo!!!!
    Perfeito o artigo, felicidade é o que as pessoas mais buscam nos últimos tempos, as dicas foram muito bacanas, se você não está completo não pode ser feliz.. Sucesso!!!!

    Seu mano, Ambrusi.

    Responder

Responder