fbpx
Pular para o conteúdo
origin 1721982928

Conteúdo, estratégias e resultados: como ir do ponto A ao ponto B?

Criar conteúdo é algo que faz com que muita gente perca noites de sono. As maiores dúvidas geralmente pairam sobre “por onde começar?”, “estou fazendo certo?”, “isso aqui é estratégico?” e várias outras perguntas. Entretanto, poucas desconsertam tanto quanto “vai dar resultado?”

Provar os resultados do seu conteúdo não deveria ser enlouquecedor a este ponto. Sabe por que?  Bom, tudo o que nós fazemos tem um propósito. Todo propósito é um objetivo e, como tal, criamos meios de atingi-lo. Ok, vamos entender este artigo palavra por palavra.

Resultados

Antes de falarmos sobre qualquer outro componente deste título, precisamos saber onde queremos chegar. Quais resultados você quer alcançar com a criação de conteúdo?

Isso significa que é hora de saber definir metas e reconhecer objetivos palpáveis para que lá no final você não se sinta fracassado por não ter chegado lá. Seja realista e escolha metas atingíveis. Existe uma metodologia chamada S.M.A.R.T que é bastante conhecida para fazer com que seus objetivos sejam realizáveis.

Entenda melhor:

eSpecíficas – em vez de dizer “quero ter mais visitantes no meu site”, especifique. O que você quer que eles façam? Prefira ações finais, aquelas que definem a conversão. Por exemplo, “quero mais downloads do meu e-book”.

Mensuráveis – certifique-se de que as suas metas podem ser medidas de maneira objetiva, sem precisar de recursos “mágicos”. Saiba como cada atividade será rastreada, quantificada e interpretada. 

Atingíveis – mantenha os pés no chão. Como falamos anteriormente, seja realista e não planeje dar passos muito maiores do que as pernas.

Relevância – esta meta é realmente importante? O que você vai fazer depois de atingi-la? A variação deste indicador vai mudar algo significativo na sua empresa ou é apenas uma métrica de vaidade?

Temporal – coloque um prazo para que a meta seja atingida. Assim você aumenta a motivação para chegar lá.

Use esses pontos para começar a definir suas metas.

Estratégias

Afinal, o que é estratégia? Ora, é o caminho que nos leva do ponto A ao ponto B. Para termos uma estratégia, antes é preciso sabermos qual é o nosso objetivo. Sem isso, não podemos ir a lugar algum.

Durante o Content Marketing World, Bert Van Loon (um dos palestrantes mais empolgantes e carismáticos do evento), disse algo que resumiu o conceito de estratégia:

“Imagine que você e sua família vão viajar e precisam escolher para onde vão. As opções são Grécia, Estados Unidos ou o Japão. Quando você opta por um destino, acabou de escolher a sua estratégia.”

O que ele quis dizer com isso é que o resultado que você quer alcançar define os meios e os caminhos a serem utilizados. Se você escolhe ir para o Japão, precisa optar por passagens aéreas que levem-no até lá com o menor número de paradas possível.

Portanto, estabelecer um objetivo é uma estratégia. Sendo assim, podemos prosseguir para o próximo assunto.

Criação de conteúdo

Quando sabemos onde queremos chegar e qual será o caminho, é hora de arrumar as malas e preparar os documentos. Criar conteúdo é fazer tudo isso. É ter e apresentar os recursos necessários para atingir seu objetivo. Isso significa se preparar para cada etapa e fazer com que as outras pessoas que viajam com você estejam prontas também.

Se o seu objetivo é ir para Miami, nos Estados Unidos, você precisa levar roupas leves para o calor – e um casaquinho para uma eventual brisa. Trocando em miúdos, criar conteúdo é cercar-se de recursos para criar resultados.

Abordagem I

Sendo assim, você precisa fazer com que o seu conteúdo renda o máximo para alcançar os resultados desejados. Por isso, criar conteúdo envolve, também, saber derivar. Entenda isso como aquele cuidado que você tem em fazer cada peça de roupa render mais durante a sua viagem.

Por isso, é interessante entendermos os nossos canais de conteúdo como restaurantes ou eventos nos quais usamos nossas roupas separadas para a viagem. Se vamos à praia, usaremos roupas de banho. Caso precisemos ir a um jantar mais sofisticado, usamos vestidos longos e/ou ternos.

Não é diferente com o seu conteúdo. A mala feita é a sua narrativa geral e cada peça de roupa é o conteúdo a ser publicado nos canais mais adequados. Quando entendemos que a narrativa se divide em cada conteúdo e precisa se adequar ao canal em que ele for publicado, fica muito mais fácil ver que os resultados foram atingidos.

Abordagem II

Além da derivação precisamos saber que qualquer estratégia de conteúdo a ser adotada precisa levar em consideração que qualquer esforço a ser feito deve ter dois fatores motivadores: economizar tempo do seu cliente e economizar dinheiro do seu cliente.

Em vez de insistir em modelos de conteúdo já muito explorados por aí, procure produzir coisas que facilitem a vida de quem estiver lendo ou fazendo uso. Alguns exemplos são templates, planilhas, checklists, mapas mentais etc.

———

E você? Por onde começa a planejar suas estratégias de conteúdo?

1 comentário em “Conteúdo, estratégias e resultados: como ir do ponto A ao ponto B?”

  1. Pingback: Como fazer um planejamento de marketing para pequenas empresas? - MOT | marketing digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.