fbpx
Pular para o conteúdo
MULTIPLIQUE SEU

Como fazer seu conteúdo render mais sem sofrer

Quando colocamos vários canais em nossa estratégia de conteúdo tudo parece muito bonito e maravilhoso. Porém, na hora de manter cada um destes canais atualizados e funcionando, muita gente acaba arrancando os cabelos. Não é para tanto. A verdade é que quando você sabe como reutilizar ideias, fica fácil fazer seu conteúdo render mais.

Este é um assunto do qual nós já falamos aqui, na entrevista com Jerod Morris, do Copyblogger. O ponto central da reutilização de conteúdo é, em primeiro lugar, economizar tempo e recursos. Uma dica dada no blog do Hubspot por Kevin Barber, é pensar no seu conteúdo como se fosse um jantar. Você não faz cinco pratos diferentes em um jantar, não é?

Pois bem, pense em cada um dos seus canais como se fossem convidados do seu jantar. Cada um deles receberá um pedaço. Quer saber quem são os seus ilustres companheiros? Veja a lista de quem confirmou presença:

  • Blog
  • Redes sociais
  • Ebooks
  • Whitepapers
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Eventos
  • Podcasts
  • Slideshare

Embora pareça um fluxo óbvio para muita gente, promover um post, ebook ou qualquer tipo de conteúdo mais complexo e extenso em redes sociais não é reutilizá-lo. Isso que acabamos de descrever é a promoção do conteúdo e não a reutilização. Vamos entender melhor o que faz o seu conteúdo render mais.

Sabe qual é a diferença entre promover e reutilizar? Quando reutilizamos conteúdo, buscamos o engajamento. O grande segredo é pensar na seguinte situação: o seu post seria comentado, compartilhado, clicado ou assistido se não houvesse um link?

Aprenda a reaproveitar “as sobras”

Todo conteúdo deixa “sobras” por aí e, geralmente, estamos apressados demais para perceber que elas estão lá. Quer ver exemplos concretos disso? Vamos lá:

Tipo de conteúdo Como reaproveitar?
Eventos
  • Postar vídeos no YouTube;
  • Twittar frases marcantes;
  • Elaborar posts opinativos no seu blog;
  • Começar uma discussão no Facebook;
  • Colocar a apresentação no Slideshare
Ebooks e Posts no blog
  • Cada tópico abordado pode ser um vídeo no YouTube;
  • Transforme em um infográfico;
  • Twitte as frases mais marcantes;
  • Crie uma série de e-mails baseada nos pontos-chave;
  • Lance uma provocação ou enquete em grupos do Facebook

Aprenda a olhar para trás

Você certamente já ouviu falar em um certo autor chamado Seth Godin, não é? Pois bem, esse cara já publicou vários livros e, livros, como bem sabemos, é conteúdo. Seth Godin já publicou em seu blog, pouco a pouco, um livro de 608 páginas.

O livro “Watcha gonna do with that duck?” é um compilado dos melhores posts de Godin de 2006 a 2012. Se ele fez isso, porque você não pode olhar para trás e dar novos ares ao seu post mais acessado dos últimos 90 dias? Comece a olhar para trás – isso ajuda a fazer seu conteúdo render mais.

Outro grande nome que costuma olhar para trás é Guy Kawasaki. Ele já admitiu ter twittado diversas vezes o mesmo conteúdo. Sabe o que aconteceu? Ele conseguiu diversas vezes aquele bom resultado que todos nós esperamos. Não fique limitado. As pessoas não ligam se aquele conteúdo foi produzido hoje – aproprie-se do que você já fez de bom.

Crie novos contextos para conteúdos antigos

Tudo na vida é cíclico. A moda mostra muito bem este comportamento. Então se você encontrar novos contextos, novos ganchos para o seu conteúdo, vai ajudar a aumentar a exposição dele e também oferecer um ponto de vista novo par a sua audiência.

Quanto mais contextualizado for o seu conteúdo, melhor será a aderência a ele e mais pessoas entenderão o que você se propôs a discutir. Não perca esta oportunidade de arejar seu trabalho.

E então, pronto para multiplicar oportunidades de fazer seu conteúdo render mais?

6 comentários em “Como fazer seu conteúdo render mais sem sofrer”

  1. adorei o artigo, mas ficou uma questão.
    o blog está morto ou não?terá sido vitima da preguiça de quem lê? que se habituou aos textos minimos dos tweets, ou do FB…

    1. Essa é uma boa pergunta, Cristina!

      Embora a resposta clássica para a maioria das perguntas relacionadas a marketing digital seja "depende", eu acredito que o blog não morreu e também não vai morrer. O rádio não acabou porque a televisão apareceu, não é? As mídias coexistem e dão suporte umas às outras.

      Desconfie de quem disser que qualquer tipo de mídia "morreu". 😉

  2. Pingback: 10 tendências para o marketing de conteúdo em 2015 - MOT | marketing digital

  3. As dicas para reaproveitar as sobras foram ótimas. Parabéns!

    Atualmente, creio que já está mais do que comprovado que apenas os contéudos "fortes" sobreviverão. Ou seja: conteúdos que valham a pena serem lidos, relevantes e que gerem uma transformação na vida das pessoas.

  4. Pingback: Como criar um blog para a minha empresa? - MOT Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.